Mais uma pinturinha

Mais uma pinturinha

28/07/2016  ·  Newborn

Quando vi o David, minha primeira surpresa foi ver uma pele tão parelhinha na cor e sem espinhas. Isso não é nada comum, já que a reação da pele antes protegida pelo líquido amniótico e agora pela primeira vez exposta ao calor, umidade e germes do ar é de irritação, descamação e pequenos eczemas. Ao começar o trabalho, novas surpresas: com 11 dias de vida esperávamos um bebê pequeno, mas o David é um bebezão, já nasceu com 48 centímetros e já é bem redondinho e pesado. Trocamos rápido algumas touquinhas que havíamos separado esperando um bebê miudinho e começamos a enrolá-lo no "wrap", nome dado ao pano com que envolvemos os bebês. Olhando de perto, vimos que ele tinha uma expressão de brabo, até com duas "ruguinhas" de expressão junto às sobrancelhas. Logo pensamos que seria um bebê difícil de mexer e manter dormindo. Nova surpresa. Nunca tire conclusões precipitadas. Quem vê carinha de brabo não vê coração de bonachão. O David é daqueles que pode cair o mundo que ele não está nem aí. Foi só quando foi fazer as fotos com a mamãe Fabíola que ele deu o ar da graça, sentindo o cheiro do leite da mãe, e querendo mamar. O papai Leonardo infelizmente estava viajando a trabalho e não pôde participar, mas não faltou gente para acompanhar a mamãe. As duas vovós corujas e dois dindos estiveram junto, babando todos com aquele menino lindo. Fazendo o trabalho de pós produção no computador, quando se vê o resultado do trabalho e os detalhes do bebê que até fotografando às vezes não nos damos conta, cheguei à conclusão que podem todos babar mesmo: ele é uma pinturinha.